/
/
/
A corrida de Portugal ao topo dos rankings de Empreendedorismo Europeu

27 de Abril, 2022

A corrida de Portugal ao topo dos rankings de Empreendedorismo Europeu

Descubra a jornada de Portugal em direção ao topo dos rankings de empreendedorismo europeu neste artigo informativo da Atlantic Bridge.
Descubra a jornada de Portugal em direção ao topo dos rankings de empreendedorismo europeu neste artigo informativo da Atlantic Bridge.
Leitura: 3 min

Ao longo dos últimos 10 anos, Portugal passou do extremo inferior da maioria dos rankings de empreendedorismo europeu para estar próximo do topo.

O Banco Central Europeu classifica agora Portugal como o segundo melhor país da Europa para a inovação empresarial. Como disse recentemente Brad Smith, Presidente da Microsoft, “é notável ver o quanto em Portugal mudou, o quão vibrante o setor de tecnologia se tornou em Portugal”.

E essas mudanças deram frutos tangíveis. Portugal criou sete unicórnios (start-ups avaliadas em mais de mil milhões de dólares): Outsystems, Farfetch, Talkdesk, Feedzai, Remote, Sword Health e Anchorage Digital. Isso se compara à Espanha com quatro unicórnios e à Itália com apenas dois unicórnios. De fato, Portugal está entre os 5 melhores países criadores de unicórnios do mundo, medido por unicórnios per capita ou por PIB.

Como isso aconteceu tão rapidamente em um país que a maioria ainda associa a praias e férias, e não a tecnologia e inovação? A resposta é simples: Pessoas e facilidade de fazer negócios.

Com o empreendedorismo os três fatores mais importantes são “Pessoas, Pessoas, Pessoas”. Portugal tem feito um trabalho fantástico na construção de competências internas e também na atração de talentos de todo o mundo. Como observa Brad Smith “”Portugal tem um grande talento local em termos de pessoas que nasceram aqui e é um lar acolhedor para talentos do resto da Europa e até mais além”.

O alto padrão e o baixo custo de vida atraíram pessoas qualificadas de todo o mundo, enquanto o excelente sistema educacional (principalmente em engenharia) resultou em uma abundância de talentos. Como resultado, a OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico) afirma que Portugal tem a 2ª maior taxa de licenciados em engenharia na Europa e é o 12º no mundo a encontrar novos colaboradores qualificados.

Isso combinado com a facilidade e o baixo custo de administrar um negócio para atrair empresas internacionais. Segundo a OCDE, Portugal é hoje o país da Europa mais barato para gerir um negócio. Siemens, Volkswagen, IKEA, Nestlé, Microsoft, Unilever e Danone classificam suas subsidiárias portuguesas como as mais eficazes globalmente. E todas essas empresas ajudaram a desenvolver uma grande base de funcionários qualificados e experientes com habilidades e experiência para construir seus próprios negócios.

Enquanto isso, essas mesmas vantagens atraíram empreendedores de toda a Europa e apoiaram empreendedores locais, enquanto o governo português criou um forte sistema de apoio para ajudá-los a prosperar. O governo forneceu incentivos fiscais, um programa de vistos flexível e programas educacionais gratuitos para trabalhadores de tecnologia. A Lisbon Web Summit é a maior cimeira da web do mundo e garante uma entrada anual dos principais desenvolvedores de software e empreendedores e empresas, o que cria um ambiente extremamente vibrante e dinâmico fertilizado por líderes de pensamento globais. E Portugal tem algumas das melhores aceleradoras e incubadoras de negócios do mundo. O IPN em Coimbra, por exemplo, foi classificado entre os 5 melhores a nível mundial em 2021.

O único fator que falta em tudo isso é o acesso ao capital. Durante muitos anos a Portugal Ventures foi a única empresa portuguesa de Venture Capital a investir em empresas de base tecnológica. No entanto, os sucessos da Portugal Ventures incentivaram um boom de fundos de VC semelhantes nos últimos anos e já existem mais de 50 fundos registrados. A Portugal Ventures continua a ser a maior e a única com um historial de mais de alguns anos, mas já existem 11 outras com mais de 100m€ de ativos. Com este recente influxo de capital novo, o boom deve continuar.

Fonte: Artigo publicado no site Portugal News.

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram

Autor:

Atlantic Bridge

Você pode gostar também:

Investir em aluguel por temporada em Portugal para turistas? Uma oportunidade rentável de negócio

Autor:

Atlantic Bridge

Leitura: 8 min

2 de Outubro, 2018

Did you know that the Portuguese have the tradition of not setting the table after supper on the 24th? And that they use natural pine trees at home? Find out what Christmas is like in Portugal.

Como é o Natal em Portugal?

Sabia que portugueses têm a tradição de não arrumar a mesa após a ceia do dia 24? E que utilizam pinheiros naturais em casa? Descubra como é o Natal em Portugal.

Autor:

Atlantic Bridge

Leitura: 6 min

21 de Dezembro, 2022

Novas regras para imóveis para turistas em Portugal: saiba tudo

Autor:

Atlantic Bridge

Leitura: 5 min

15 de Outubro, 2019

Quem Pode Viajar Para os Estados Unidos Sem Visto?

Autor:

Atlantic Bridge

Leitura: 2 min

22 de Maio, 2023

Saiba mais sobre segurança

A Espanha é um Destino Gay Friendly?

Saiba mais sobre segurança, agenda cultural e direitos da comunidade LGBTQIA+ na Espanha, um dos países mais gay friendly da Europa.

Autor:

Atlantic Bridge

Leitura: 5 min

29 de Junho, 2023

Ideal for those who consume wine daily

Vinhos Portugueses “Bag In Box”

Ideal para quem consome vinho diariamente, o bag in box tem ótimo custo-benefício e durabilidade. Crescer no mercado é uma questão de tempo.

Autor:

Atlantic Bridge

Leitura: 6 min

17 de Novembro, 2022