/
/
/
Comida Portuguesa: 7 pratos da culinária lusitana que você precisa experimentar

29 de Novembro, 2023

Comida Portuguesa: 7 pratos da culinária lusitana que você precisa experimentar

Nossa seleção: o melhor da comida portuguesa. Tripas a Moda do Porto, Francesinha, Alheira, Bacalhau a Bras, Sardinha, Caldo Verde...
Our selection: the best of Portuguese food. Tripas a Moda do Porto
Leitura: 8 min

Portugal é muito conhecido pela sua rica gastronomia, reflexo das interações com variadas nações e mistura de influências acumuladas ao longo dos séculos. De mouros e romanos aos parceiros comerciais e habitantes das ex-colônias: cada povo que entrou em contato com os lusitanos adicionou algum elemento novo à comida portuguesa. O resultado disso é um cardápio muito diverso e saboroso. A gastronomia portuguesa foi recentemente considerada a 4ª melhor do mundo! Para muitos, esse é um fator decisivo na escolha do país como destino turístico!

Cada receita em Portugal guarda capítulos da história do país e experimentá-las é fazer uma viagem no tempo. Em Portugal, as celebrações sempre acontecem ao redor de uma mesa farta e uma refeição é muito mais que comida. Comer é confraternizar! Entre os ingredientes mais comuns usados no preparo da comida lusitana estão o azeite de oliva, os ovos, os frutos do mar, o pão e alguns legumes.

Quer viver na Europa?

Concretizar seu objectivo de morar na europa ou ter cidadania europeia, pode ser mais simples do que você pensa. Oferecemos suporte personalizado para tornar o processo de imigração mais acessível e descomplicado.

Elegemos os melhores pratos da cozinha portuguesa, aqueles que você não pode deixar de conhecer quando visitar o país. São eles:

7. Tripas à Moda do Porto

Tripas à Moda do Porto

Começamos nossa lista com um prato típico do Porto. Sua origem remonta ao século XVI. Na época, vinham sendo construídas nas margens do Rio Douro, as naus e os barcos que partiram para a conquista de Ceuta. Enquanto muitos se esforçavam na construção das embarcações, outros preparavam as provisões para a frota. Assim, o povo ofereceu toda a carne de vaca disponível na cidade, que depois de limpa e salgada, foi armazenada nos navios.

E como só restaram as tripas para a população local, criaram uma receita que ainda hoje é das mais famosas da gastronomia portuguesa: as Tripas à Moda do Porto. Também por causa dessa história de superação e de solidariedade, os cidadãos do Porto são ainda chamados de tripeiros.

Existem outras versões sobre a origem desse prato, mas essa é, sem dúvida, a mais difundida. O prato é confeccionado com feijão branco, legumes e carne. Hoje, além das “tripas”, também adiciona-se chouriço, costelinha de porco, vitela e carne de vaca. O tempero inclui folhas de louro, tomate, vinho branco, pimenta e colorau.

Veja aqui a receita e saiba onde provar.

6. Francesinha

Sanduiche portuense: Francesinha

Outro prato tipicamente portuense é a Francesinha. Estamos falando de um sanduíche preparado com pão de forma e recheado com carne, presunto, linguiça, salsicha, e coberto com uma fatia de queijo e um molho de tomate picante. Em 2011 foi considerada pelo site norte-americano Aol Travel “um dos melhores 10 sanduíches do mundo”. Isso devido a esse prestigiado molho que a acompanha, servido generosamente à parte. Cada restaurante guarda a sete chaves a receita do seu molho, e se empenha para fazer a melhor Francesinha da cidade.

Aqui também há diferentes versões para sua origem. Há quem diga que esse era um tipo de sanduíche consumido pelos soldados do exército de Napoleão durante a Guerra Peninsular. Ao preparo, os portuenses teriam acrescentado somente o molho. Outra versão, mais difundida, é a de que o prato teria sido criado na década de 50, por Daniel David Silva, um português que, após viver na Bélgica e França, desenvolveu essa receita inspirado no croque-monsieur francês, mas com um toque português. Como se tratava de uma receita boa e barata, logo se espalhou pela cidade.

Mas e o nome “Fancesinha”?? A designação seria uma referência às mulheres francesas, que eram mais atrevidas e picantes do que as mulheres portuguesas da época.

Veja aqui a receita e saiba onde provar.

5. Alheira de Mirandela

No fim do século XV, início do século XVI, os judeus de Portugal foram obrigados a se converter em cristãos-novos. Durante a Inquisição, eles eram constantemente perseguidos pela população. Uma das formas para identificar um judeu era verificar se ele comiam carne de porco ou não. Isso porque a religião judaica proíbe o seu consumo. Por isso, para enganar os inquisidores, os habitantes de Mirandela, na região de Trás os Montes, criaram uma salsicha feita com pão e frango, que se assemelhava aos tradicionais chouriços com carne suína. E assim surgiu a alheira, um prato absolutamente delicioso!

Este enchido pode conter diferentes tipos de carne como pato, galinha, vitela, coelho, além de pão. Seu tempero costuma levar alho e especiarias. Normalmente é servido com batatas fritas e ovo frito. Muito versátil, a alheira também pode ser utilizada como ingrediente na confecção de entradas, em folhados, bolinhos e outras gostosuras.

Veja aqui receitas preparadas à base de alheiras e saiba onde provar.

4. Açorda Alentejana

Açorda Alentejana de Marisco

A origem desse prato é reflexo da presença árabe em terras lusitanas, sobretudo na região do Alentejo. Existem variações no preparo, mas pode-se dizer que a açorda mais básica consiste em pedaços de pão mergulhados em caldo de água quente temperada com coentro e alho.

Era uma comida de subsistência, presente entre as classes menos favorecidas e em crises alimentares. Atualmente é preparada com caldo de mariscos, camarão, ameijoas, berbigões ou bacalhau, misturados ao pão, ovo, temperos e muito azeite. Ou seja, uma receita muito mais rica em ingredientes.

Uma versão mais “seca” da Açorda Alentejana é chamada de “Migas”, outra delícia típica da região. Ambas merecem atenção na gastronomia portuguesa.

Veja aqui a receita e saiba onde provar.

3. Bacalhau: astro da comida portuguesa

Bacalhau a Bras e Comida Portuguesa

É impossível pensar em comida portuguesa sem lembrar do clássico bacalhau. O ingrediente é um astro da gastronomia lusitana e utilizado em dezenas de receitas, como já havíamos referido no nosso artigo sobre os Símbolos de Portugal. Estima-se que Portugal consome, em média, 20% do bacalhau capturado no mundo! A batata é a grande parceira na maioria desses preparos. Basta lembrar do famoso bolinho de bacalhau, servido em todas as padarias do país.

Dentre todas as receitas, entretanto, uma merece destaque: o Bacalhau a Brás. Lançada pela Taberna do Sr. Braz, no Bairro Alto de Lisboa, é um prato de fácil preparo, à base de bacalhau desfiado, batata frita e ovo mexido. Graças à sua grande aceitação, também é bastante consumido na Espanha, com o nome de Revuelto de bacalao a la portuguesa ou como Bacalao Dorado.

Veja aqui a receita e saiba onde provar.

2. Sardinhas assadas

Sandinha Portuguesa na brasa

Muitos dirão que a sardinha é típica da Espanha. Na verdade, a origem do nome “sardinha” é atribuída à região da Sardenha, ilha localizada no Mar Mediterrâneo, onde este pescado costumava ser abundante. Apesar de ser consumida em outros países, a sardinha tornou-se um símbolo nacional tradicional de Portugal há séculos.

No passado, era consumida somente pelas classes menos favorecidas, e servida no pão para “render” e dar saciedade. Hoje, apesar de ainda ser um peixe barato, é apreciado por todas as classes, especialmente no verão e nas festas populares, entre junho e setembro, quando são assadas nas calçadas e servidas em muitos restaurantes.

A maneira mais tradicional de preparar esse peixe é na brasa bem quente, com bastante sal. Durante o verão, quando elas estão grandes e mais gordas, acontecem vários festivais em que a sardinha é a rainha da festa. O Festival da Sardinha de Portimão é um dos mais famosos.

A sardinha está tão presente na cultura portuguesa que estampa postais, tecidos e lembrancinhas vendidas nas lojas de souvenir do país. Por isso, não importa que ela esteja presente em outros países: nenhum deles estará tão ligado a essa iguaria quanto Portugal!!

Veja aqui as receitas e saiba onde provar.

1. Caldo Verde

Sopa portuguesa: o Caldo verde

Uma receita celebrada em poemas e canções de Portugal! Amália, na clássica música “Uma Casa Portuguesa”, já dizia: “Basta Pouco, Poucochinho para alegrar uma existência singela! É só Amor, pão e vinho, e um Caldo Verde, verdinho a fumegar na tigela!”

O Caldo Verde é a mais famosa sopa portuguesa, originada na região do Minho, criada ainda no século XV, de preparo simples e barato. Trata-se da cozedura de batata e cebola e alho, que é posteriormente batida e fervida juntamente com couve-galega cortada em fatias bem fininhas. No final, adicione-se azeite e rodelas de chouriço. É especialmente bom nos dias mais frios.

Veja aqui a receita e saiba onde provar.

7 Maravilhas Gastronômicas de Portugal

A lista acima é uma escolha nossa. Em 2011, os portugueses realizaram um concurso para eleger as 7 Maravilhas da Gastronomia e promover o património gastronómico nacional, testemunho da identidade cultural portuguesa. A eleição teve voto popular e numa lista de 70 opções as mais votadas foram:

  • Entradas: Alheira de Mirandela (IG) – Trás os Montes e Alto Douro
  • Entradas: Queijo Serra da Estrela – DOP – Beira Interior / Beira Litoral
  • Sopas: Caldo Verde – Entre Douro e Minho
  • Marisco: Arroz de Marisco – Estremadura e Ribatejo
  • Peixe: Sardinha Assada – Lisboa e Setúbal
  • Carne: Leitão da Bairrada – Beira Litoral
  • Doces: Pastel de Belém – Lisboa e Setúbal

Essas são apenas algumas das comidas que irão te conquistar no país. Ficou com água na boca? Quais desses pratos você já conhecia? Quais ainda pretende conhecer? Portugal vai te conquistar pelo estômago!

Deseja mudar para Portugal? Fale com nossos consultores!

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram

Autor:

Atlantic Bridge

Você pode gostar também:
Entering a master's degree in Portugal is a simple and affordable way to obtain residency in Portugal. See here how to apply.

Mestrado em Portugal: Um Caminho para Viver no País

Ingressar num mestrado em Portugal é uma maneira simples e acessível de obter a residência em Portugal. Veja aqui como se candidatar.

Autor:

Atlantic Bridge

Leitura: 9 min

4 de Abril, 2023

How are laws made or changed in Portugal? We explain here how the legislative process works in relation to the future of the Golden Visa program in the country.

Fim do Golden Visa: Entenda Como Leis São Alteradas em Portugal

Como são feitas ou alteradas as leis em Portugal? Explicamos aqui como funciona o processo legislativo aplicado ao futuro do programa Golden Visa no país.

Autor:

Atlantic Bridge

Leitura: 4 min

2 de Maio, 2023

Vista aerea de Sevilla

Morar na Espanha: Guia Completo

Um estrangeiro pode morar na Espanha legalmente? Claro que sim! Explicamos aqui como isso é possível e como é viver no país!

Silvia Resende

Autor:

Silvia Resende

Leitura: 5 min

20 de Dezembro, 2023

We have gathered 10 suggestions of excellent hotels for all styles and budgets

10 Hotéis no Porto: Conheça Nossas Sugestões

Reunimos 10 sugestões de excelentes hotéis para todos os estilos e bolsos, dentro e fora do Centro Histórico do Porto.  

Autor:

Atlantic Bridge

Leitura: 8 min

17 de Maio, 2023

To do medical residency in Portugal you need to revalidate your medical degree in Portugal and register at the Ordem dos Médicos (Portuguese Medical Association).

Residência médica em Portugal

Para fazer a residência médica em Portugal é preciso revalidar o diploma de Medicina em Portugal e fazer a inscrição na Ordem dos Médicos.

Autor:

Atlantic Bridge

Leitura: 9 min

10 de Setembro, 2022

Jovens sentados no chão no campus de uma universidade debatem a necessidade do visto de estudante para Espanha

Visto de Estudante para Espanha: Como Pedir o Seu

Saiba tudo sobre o Visto de Estudante para Espanha. Descubra quem precisa deste visto, quais os documentos necessários e como pedir o seu!

Silvia Resende

Autor:

Silvia Resende

Leitura: 6 min

25 de Janeiro, 2024