/
/
/
Mudar para Portugal com Filhos: Vantagens e Desvantagens

2 de Janeiro, 2023

Mudar para Portugal com Filhos: Vantagens e Desvantagens

Vim para Portugal há quase uma década. Hoje me perguntam como foi a minha experiência. Quais as vantagens de mudar para Portugal com filhos?
I came to Portugal almost a decade ago. Today I am asked how my experience was. What are the advantages of moving to Portugal with children?
Leitura: 7 min

Resolvi escrever esse artigo em primeira pessoa, porque o tema é muito familiar para mim. Mudei para Portugal, há quase uma década, porque eu tive uma filha e queria dar a ela coisas que eu não conseguia ter na minha cidade natal. Hoje, muitas pessoas me perguntam como foi a minha experiência. Quais as vantagens de mudar para Portugal com filhos? Muitos querem saber, sobretudo, como é viver aqui com crianças pequenas. O que eu posso dizer é que, seja para visitar, seja para morar, Portugal é um destino incrível para estar com a família, seja com ou sem crianças. As razões são muitas, eu explico ao longo deste texto.

É bom viver em Portugal com filhos?

Portugal me surpreendeu positivamente ao chegar ao país com um bebê. Grande parte dos estabelecimentos comerciais daqui estão preparados para receber crianças, seus banheiros disponibilizam trocadores e redutores de assento, os restaurantes têm sempre as cadeirinhas infantis, lápis de cera e cadernos de colorir. Os shoppings oferecem atividades de lazer gratuitas para todas as idades. E principalmente: a sociedade, de modo geral, respeita e trata bem os pequeninos.

Quer viver na Europa?

Concretizar seu objectivo de morar na europa ou ter cidadania europeia, pode ser mais simples do que você pensa. Oferecemos suporte personalizado para tornar o processo de imigração mais acessível e descomplicado.

Principais vantagens de mudar para Portugal com a família

Não por acaso Portugal foi eleito o terceiro destino mais amigo da criança do mundo, em uma pesquisa realizada pela Airport Parking Reservations. A referida pesquisa destacou o clima, a gastronomia, a segurança e as mais de 2.500 atividades que as crianças poderão realizar no país. Existem muitas vantagens em mudar para Portugal com filhos.

Lazer para todas as idades

Há muitas opções de atividades para realizar com crianças em Portugal, inclusive gratuitas. Nos parques e jardins públicos espalhados por todo lado é possível estar em contato com a natureza. As bibliotecas oferecem atividades grátis, principalmente na época de férias. Há festivais de teatro, música e marionetes, aulas sobre natureza e jardinagem. O país possui planetários, zoológicos, centros de ciência e parques aquáticos. Há de tudo, basta procurar. Os serviços públicos dos museus estão sempre a oferecer atividades educativas. E as crianças são sempre bem vindas em todo lado.

Criança olha mapa para mudar para Portugal

Segurança

Portugal oferece uma coisa que não tem preço: a segurança. O país é pacato (o 6º mais pacífico do mundo) e com uma população reduzida (10,3 milhões). Menos multidões, mais tranquilidade. E segurança é sinônimo de liberdade, de ter a certeza de que poderá deixar seus filhos brincarem no parque. De que eles poderão utilizar o transporte público quando forem maiores. Liberdade também leva à independência.

Gastronomia saudável

A gastronomia portuguesa é diversa e saudável. O país é adepto da sopa como prato de entrada, amplamente consumida pelas crianças e excelente fonte de nutrientes, inclusive nas escolas. Parece bobo, mas faz muita diferença na prática! É saúde e praticidade fazendo parte da rotina.

Educação padrão europeu

A educação é outro grande atrativo no país, em todos os âmbitos. Nas escolas portuguesas as crianças não aprendem apenas as disciplinas básicas, como o português e a matemática ou, ainda, o inglês, as artes e os esportes. Em Portugal, os pequenos são acostumados, desde cedo, a cuidar dos mais novos, organizar seu ambiente de estudo, cozinhar, comer com garfo e faca (nada de colheres!), fazer apresentações em público, mediar conflitos e assumir papéis de liderança nos grupos. Em resumo: eles aprendem, ainda pequenos (com 3 ou 4 anos), noções de respeito, organização e responsabilidade.

Outra vantagem é que, na maioria das escolas, as aulas ocupam manhã e tarde, possibilitando aos pais trabalharem enquanto os filhos estudam. No geral as aulas vão das 9h às 16h, podendo se prolongar até às 19h. No ambiente escolar estudam, comem, se exercitam e brincam. Também fazem visitas de estudo, e desde cedo se familiarizam com espaços culturais, bibliotecas, peças teatrais, orquestras, fazem artesanato, conhecem visitam de arte… de tudo um pouco! Isso é, decididamente, um ponto positivo a levar em conta!

As escolas públicas de Portugal são gratuitas?

Em Portugal, o ensino está consagrado como universal e gratuito, durante o período da escolaridade obrigatória, ou seja dos 6 aos 18 anos (do 1 º ao 12º ano escolar). As escolas públicas são gratuitas. Ainda assim, os pais precisam pagar pela alimentação, visitas de estudo e material escolar pessoal. Esses valores podem ser subsidiados pelo governo, de acordo com a condição social dos pais da criança.

Atualmente, o Estado Português defende que os 12 anos de escolaridade são relevantes para o progresso social, económico e cultural da população e do país. O país oferece escolas públicas de qualidade e, embora as instituições privadas ocupem as primeiras colocações no ranking nacional, também há destaques na rede pública. Cerca de 80% dos alunos do país estão matriculados em escolas públicas, segundo o relatório Educação em Números.

O ano letivo inicia sempre em setembro, com férias mais longas no verão de julho a agosto e um intervalo mais curto na época natalícia e na Páscoa.

Saúde

Todas as crianças de Portugal têm acesso a cuidados de saúde gratuitos até aos 12 anos. As vacinas obrigatórias são todas administradas pela rede pública. Os pais são avisados (geralmente através de telefone) sempre que uma nova dose precisa ser administrada. E insistem até que a criança apareça no centro de saúde. A saúde oral também é garantida, principalmente durante a troca da dentição. Cada criança tem o seu médico de saúde que acompanha o seu crescimento através de consultas frequentes.

Saiba como funciona a saúde pública em Portugal

Qual a desvantagem de morar com crianças pequenas em Portugal?

Para quem vem de outro país, o mais difícil da mudança é o fato de estar distante de parentes e amigos. Além das saudades, é necessário saber lidar com a falta de apoio. Com quem deixar seus filhos numa noite especial ou enquanto você precisa fazer algum procedimento médico ou viagem? Quem ajuda a buscar na escola quando o trabalho vai até mais tarde?
No início poderá ser mais difícil. No entanto, essa é uma questão que vai sendo minimizada com o passar do tempo e à medida que estabelecemos novas relações no país.

Mudar para Portugal com filhos crescidos

Pais de adolescentes irão se beneficiar principalmente da segurança que o país tem a oferecer. Com um transporte público de qualidade, esses jovens terão muito mais liberdade para construir sua vida com independência. Além disso, irão dispor de universidades de qualidade com valores de mensalidades justos.

Saiba como funciona o ensino em Portugal

Qual a melhor idade para mudar para o estrangeiro com crianças?

Quanto mais jovem, melhor. Até os 5 anos a mudança dificilmente causará dificuldade. Crianças pequenas são muito mais ligadas aos pais, os relacionamentos fora da família ainda são superficiais.

Aos oito anos, a criança começa a desenvolver seus gostos, medos e emoções, e formar laços sociais. Na adolescência, essas relações com seus pares é ainda mais forte e pode gerar alguma resistência por parte dos filhos. A partir dos 13 anos a dependência emocional de sua unidade familiar é geralmente menor. Muitos sentem que suas amizades são mais importantes do que seu relacionamento com os pais, especialmente quando há namorados envolvidos. É preciso paciência e cautela nessa fase.

Independente da idade, a adaptabilidade também varia muito de criança para criança. O planejamento e o diálogo são fundamentais. Todos queremos o melhor para nossos filhos e, por isso, queremos que a transição seja a mais fácil possível. Uma estratégia é envolvê-los em alguns aspectos da mudança, como a escolha da casa e sua decoração. Outra dica é criar uma lista de desejos sobre a nova residência e planos sobre a vida que terão no novo país. Com amor e paciência será mais fácil do que você imagina. E a recompensa virá a seguir.

Assegure-o de que poderá manter contato com amigos ou visitar lugares de que gostam. Felizmente, com as melhorias na comunicação, internet, chamadas de vídeo, viagens mais rápidas e baratas, matar as saudades da família e dos amigos está cada vez mais acessível. Esse é um argumento que poderá ajudar a convencê-los a embarcar na mudança.

Conheça as principais cidades de Portugal para viver com a família!

Viver na Europa com crianças!

Outra vantagem de mudar para Portugal com os filhos, sejam crianças ou adolescentes, é a chance de estar inserido num continente culturalmente rico, com tantos países diversos. Isso significa aprender novas línguas, conhecer diferentes costumes, comportamentos, comidas e estilos de vida. A longo prazo, também pode significar a possibilidade de trabalhar em outros países, uma vez que a migração dentro do espaço europeu é facilitada.

Existem muitos outros ótimos argumentos para mostrar o quanto trazer seus filhos para Portugal pode ser uma ótima decisão. Além disso, caso decida voltar aos eu país de origem, passados alguns anos, a experiência terá valido muito à pena, tanto em termos pessoais, quanto profissionais. Por isso se está planejando mudar para Portugal, não perca mais tempo e fale com nossos consultores!

*Silvia Resende é redatora na Atlantic Bridge. Baiana, chegou a Portugal, em 2015, para construir uma nova vida junto com a sua família. É graduada em Comunicação pela UFBa, no Brasil, e Mestre em Ciências da Comunicação, pela Universidade do Porto. Já trabalhou como apresentadora de TV, repórter, produtora de eventos, relações-públicas e guia de turismo no Porto. Adora viajar e desbravar o patrimônio cultural de cada lugar por onde passa. É mãe da Malu, de 9 anos, e acha que o Porto é o lugar ideal para educar uma criança.
Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram

Autor:

Atlantic Bridge

Você pode gostar também:
Descubra quais são as melhores universidades em Portugal para fazer um mestrado. Veja as opções e escolha a que mais se encaixa com seus interesses!

Melhores Universidades de Portugal para seu Mestrado

Descubra quais são as melhores universidades em Portugal, conheça os rankings e escolha onde fazer seu mestrado no país.

Autor:

Atlantic Bridge

Leitura: 11 min

24 de Abril, 2024

Our selection: the best of Portuguese food. Tripas a Moda do Porto

Comida Portuguesa: 7 pratos da culinária lusitana que você precisa experimentar

Nossa seleção: o melhor da comida portuguesa. Tripas a Moda do Porto, Francesinha, Alheira, Bacalhau a Bras, Sardinha, Caldo Verde...

Autor:

Atlantic Bridge

Leitura: 8 min

29 de Novembro, 2023

Entering a master's degree in Portugal is a simple and affordable way to obtain residency in Portugal. See here how to apply.

Mestrado em Portugal: Um Caminho para Viver no País

Ingressar num mestrado em Portugal é uma maneira simples e acessível de obter a residência em Portugal. Veja aqui como se candidatar.

Autor:

Atlantic Bridge

Leitura: 9 min

4 de Abril, 2023

Oportunidade: casas de praia em Portugal a partir de 125.000€

Autor:

Atlantic Bridge

Leitura: 3 min

29 de Maio, 2019

Small cities to live in Portugal are synonymous with quality of life

Cidades Pequenas para Morar em Portugal

As cidades pequenas para morar em Portugal são sinônimo de qualidade de vida, segurança e custo de vida mais baixo. Conheça 8 delas.

Autor:

Atlantic Bridge

Leitura: 11 min

5 de Dezembro, 2022

Nacionalidade-Portuguesa-Pai-Ascendente-Imagem mão adulta sob mão de bebê

Nacionalidade Portuguesa para Pais de Português

Saiba mais sobre a obtenção da Nacionalidade Portuguesa para Pais de Português (através do filho): quando é possível e quais os requisitos.

Silvia Resende

Autor:

Silvia Resende

Leitura: 5 min

11 de Março, 2024