/
/
Melhores Países Para Aposentados em 2024

19 de Janeiro, 2024

Melhores Países Para Aposentados em 2024

Quais os melhores países para aposentados desfrutarem um merecido descanso? A InterNations revelou o ranking de 2024. Espanha e Portugal aparecem em destaque!
Melhores paises para viver como aposentado
Leitura: 6 min

O aumento da mobilidade global e a possibilidade de escolher onde se quer morar, tem feito com que muitos optem por recomeçar a vida em um novo país. Mas como escolher onde morar e desfrutar do merecido descanso? Quais os melhores países para aposentados em 2024? A plataforma online InterNations revelou o seu ranking de 2024: Espanha e Portugal aparecem em destaque!

Todos os anos, a comunidade global para expatriados, formula este ranking bastante prestigiado. O Índice Global de Aposentadoria, atualizado anualmente, se baseia na experiência real de seus correspondentes e assinantes. Ele calcula em quais nações é possível viver com mais qualidade, gastando menos. Em outras palavras, como tirar maior proveito das rendas e pensões nesta fase da vida. Apresentamos abaixo os destaques em 2024.

Quer viver na Europa?

Concretizar seu objectivo de morar na europa ou ter cidadania europeia, pode ser mais simples do que você pensa. Oferecemos suporte personalizado para tornar o processo de imigração mais acessível e descomplicado.

Top 10 melhores países para viver como expatriado

O top 5 dos melhores destinos para aposentados traz apenas 2 destinos europeus: Portugal e Espanha

Na Atlantic Bridge, nossos consultores estão capacitados para te ajudar na aquisição de vistos de residência para aposentadoria em ambos países. Conheça aqui nossos artigos sobre o Visto D7 Portugal e o Visto Não Lucrativo da Espanha.

Veja a relação completa da International Living:

  1. Costa Rica 
  2. Portugal 
  3. México
  4. Panamá 
  5. Espanha
  6. Equador
  7. Grécia 
  8. Malásia 
  9. França 
  10. Colômbia 

Como escolher um destino para viver como aposentado?

O método utilizado pela Internations para classificar os melhores países para viver como aposentado não é científico. No entanto, eles evitam conexões com agentes imobiliários, organizações de turismo e desenvolvimento econômico para um resultado mais isento. Vale ressaltar que as escolhas são feitas com base no estilo de vida e moeda norte-americana.

Os países são avaliados em diversos aspectos, incluindo habitação, clima, vistos e benefícios, custo de vida, saúde, afinidade e adaptação, desenvolvimento e governança. Além disso, consideram fatores como transporte público, disponibilidade de internet confiável e rápida, e a infraestrutura do país. No entanto, para o caso dos aposentados, o critério mais importante está diretamente relacionado com o custo e qualidade de vida, além dos benefícios sociais que permitem que as rendas provenientes das pensões sejam suficientes para permitir que esses indivíduos possam desfrutar a sua época dourada com segurança, conforto e boas relações sociais.

Vilamoura, Algarve, Portugal

Espanha e Portugal: Entres os Melhores Destino de Aposentadoria no Mundo

E justamente por falar em conforto e possibilidade de estabelecer novas relações, como deixar de fora Espanha e Portugal dessa lista? Os vizinhos da Península Ibérica estiveram mais uma vez em destaque na lista dos melhores países do mundo para viver como aposentados. E por razões semelhantes. Ambos desfrutam de um clima ameno, comida variada e deliciosa, paisagens naturais; são povos acolhedores e hospitaleiros. A adaptação é fácil.

O custo de vida nesses países é baixo, o sistema de saúde é bom e barato. Em resumo: um custo benefício inquestionável. 

Portugal: 2º Melhor País para Descansar na Aposentadoria

Portugal, antigo campeão do ranking da International Living em 2023, permanece um destino atrativo para aposentados, com a vice-liderança. É verdade que o país teve uma pequena queda, devido às novas regras no programa Golden Visa. No entanto, a variedade de ambientes, que vai de cidades tradicionais a regiões à beira-mar, mantém lugares como Lagos, Vilamoura e Tavira como opções encantadoras.

Para os investidores, ainda há muito por explorar em mercados emergentes como a Costa de Prata e a ilha da Madeira. O custo de vida é acessível, com um casal vivendo confortavelmente a partir de €2.000 por mês, oferecendo uma experiência europeia por um preço mais acessível.

Costa Blanca, Alicante, Espanha

Espanha: 5º destino para aposentados

A Espanha é elogiada pelo International Living por suas paisagens ensolaradas, sistema de saúde renomado e custo de vida acessível. O país oferece opções variadas para morar, desde as históricas ruas de Madrid até as praias tranquilas da Costa Blanca. 

O custo de vida permite que um casal viva confortavelmente a partir de €1.800 por mês. O mercado imobiliário é favorável a estrangeiros, com processos simplificados para compra e aluguel. Alugar é uma opção prática para explorar diferentes regiões, com custos mensais variando em torno de €700 em áreas menos turísticas, segundo a plataforma online.

Demais países no top 10

A International Living destaca ainda as qualidades de vários países latino-americanos.

A Costa Rica, que aparece no topo da lista, se destaca como o país mais feliz da América Latina. Seu governo aboliu o exército em 1948 e transferiu os investimentos para a saúde e educação. Além do mais, o custo de vida para um casal é de somente 2 mil dólares e dispõe de um visto de turismo com duração de 180 dias.

A Colômbia chama a atenção pela diversidade de ilhas, parques e vida urbana pulsante. O Equador se destaca por seu clima estável, uma característica marcante. Ainda em relação a este país, a International Living destaca que a sua sociedade valoriza profundamente a família e presta cuidados dedicados aos idosos, refletindo uma rica herança cultural. Além disso, ressalta a presença de descontos no transporte e outras vantagens específicas para a população idosa.

O Panamá lidera na região em termos de desempenho ambiental e sustentabilidade, conforme aponta a pesquisa: ​​é o país com melhor desempenho na América Latina no quesito ambiental e sustentável.

O México ganha reconhecimento por sua cultura calorosa e paisagens naturais envolventes. De acordo com a International Living, um estilo de vida modesto, mas confortável, no México pode ser mantido com um orçamento de cerca de US$ 1.500 a US$ 2.000 por mês para um casal, cobrindo todas as despesas básicas, incluindo moradia, utilidades e alimentação.

Se aposentar no exterior: uma tendência

Atualmente, um em cada seis americanos seniores está preferindo passar os seus anos de reforma em países estrangeiros. Esta decisão é motivada principalmente pelas despesas crescentes associadas à vida quotidiana, bem como pelos custos exorbitantes de saúde que prevalecem nos Estados Unidos. O acesso a cuidados de saúde de qualidade, tão importante para os aposentados, está cada vez mais difícil de se obter, como destacado recentemente na revista Forbes.

Atlantic Bridge te ajuda no seu projeto

Como vimos acima, a busca pelo local ideal para viver a aposentadoria é uma jornada pessoal. Portugal e Espanha, continuam sendo escolhas populares, proporcionando um equilíbrio entre custo de vida acessível, qualidade de vida elevada e uma rica oferta cultural.

No entanto, é importante lembrar que a decisão final de onde morar deve ser baseada em uma combinação de fatores pessoais, financeiros e de estilo de vida. A aposentadoria é uma oportunidade para explorar novos horizontes, descobrir novas culturas e desfrutar de uma vida de lazer e satisfação. Seja qual for o caminho escolhido, o importante é que ele atenda às suas necessidades, permitindo-lhe desfrutar plenamente desta nova fase da vida.

Aos que consideram a Península Ibérica como destino de eleição para aposentadoria, recomendamos entrar em contato com a Atlantic Bridge. Com expertise na aquisição de vistos, busca por imóveis e realização de investimentos, nossa consultoria personalizada pode facilitar o processo, tornando sua transição para um novo capítulo da vida mais tranquila e eficiente.

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Silvia Resende

Autor:

Silvia Resende

Você pode gostar também:
Learn how to ensure your tax compliance in Brazil and Portugal with Atlantic Bridge's expert insights. Get started now!

Como assegurar sua regularidade fiscal no Brasil e em Portugal: veja aqui

Autor:

Atlantic Bridge

Leitura: 7 min

13 de Abril, 2019

67% de retorno em imóveis turísticos em Portugal

Autor:

Atlantic Bridge

Leitura: 6 min

11 de Janeiro, 2019

The basis of the request is not limited to descent from Portuguese parents or grandparents

Descendentes de Judeus Sefarditas: Como Obter a Nacionalidade Portuguesa

O fundamento do pedido não se limita à descendência de pais ou avós portugueses, mas qualquer familiar em linha reta (bisavós, tataravós...)

Autor:

Atlantic Bridge

Leitura: 6 min

16 de Março, 2022

Descubra como investir em imóveis em Portugal e obter rendimentos acima da média. Encontre dicas e informações úteis neste guia completo.

Como investir em imóveis em Portugal e ter rendimentos acima da média

Descubra como investir em imóveis em Portugal e obter rendimentos acima da média. Encontre dicas e informações úteis neste guia completo.

Autor:

Atlantic Bridge

Leitura: 9 min

25 de Julho, 2019

Descubra as vantagens de imigrar para Portugal e encontrar o equilíbrio perfeito entre qualidade de vida e oportunidades profissionais.

Bem-vindo a Portugal, o novo paraíso para expatriados

Descubra as vantagens de imigrar para Portugal e encontrar o equilíbrio perfeito entre qualidade de vida e oportunidades profissionais.

Autor:

Atlantic Bridge

Leitura: 12 min

16 de Maio, 2022

A Itália não estabelece limites de gerações para a transmissão de nacionalidade. Veja aqui como dar entrada na cidadania italiana. 

Cidadania Italiana: Guia Completo

A Itália não estabelece limites de gerações para a transmissão de nacionalidade. Veja aqui como dar entrada na cidadania italiana. 

Autor:

Atlantic Bridge

Leitura: 8 min

10 de Outubro, 2023